terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Waldir Calmon e seu Conjunto - Feito Para Dançar

  1. Desabafo
  2. Grito de Alerta
  3. Folhetim
  4. Negue
  5. Ronda
  6. Cicatrizes
  7. Bandolins
  8. Descaminhos
  9. A Viagem
  10. Mania de Você
  11. Café da Manhã
  12. Separados Nada Somos
 Feito Para Dançar

Waldir Calmon Gomes (Rio Novo, 30 de janeiro de 1919 — Rio de Janeiro, 11 de abril de 1982) foi um pianista e compositor brasileiro de grande sucesso nos anos 50.

Gravou dezenas de discos - entre eles, a famosa série "Feito Para Dançar" e a música tema do extinto Canal 100, "Na Cadência do Samba" (Que Bonito É). Também gravou com Ângela Maria o disco "Quando os Astros se Encontram", em 1958.

Neste LP, encontramos o maior sucesso da sapoti: "Babalu".

Criou um estilo imitado por muitos pianistas que o sucederam.

No ano de 1941, já como Waldir Calmon, fez sua primeira gravação acompanhando Ataulfo Alves em “Leva Meu Samba”.

Depois de formar o grupo "Gentleman da Melodia", circulou por teatros e cassinos do Rio e São Paulo.

Foi nessa época que começou a tocar o primeiro solovox (pequeno teclado incorporado ao piano, precursor dos sintetizadores) trazido para o Brasil, popularizando o instrumento.

Na década de 50 gravou vários discos "Ritmos Melódicos" (no selo Discos Rádio), "Para Ouvir Amando", "Chá Dançante" e "Feito para Dançar" (Copacabana).

Foi o pioneiro a gravar sucessos dançantes em faixas únicas, ininterruptas, adequados a animar festas, eternizando nos acetatos o som que produzia nas boates de então.

Em 1955 abriu sua própria casa noturna, a popular Arpège, no Leme (RJ), que funcionaria até 1967 - onde atuaram João Gilberto, Tom Jobim, Vinicius de Moraes, além de Chico Buarque, que fez um de seus primeiros shows, em 1966, ao lado de Odete Lara e MPB-4.

Seu conjunto era formado nessa época por Paulo Nunes (guitarra), Milton Banana (bateria), Eddie Mandarino e Rubens Bassini (percussão), Gagliardi (contrabaixo) e o próprio Calmon, ao piano e solovox.

Entre 70 e o começo de 77, atuou com sua orquestra de baile no Canecão (RJ), antes e depois do show principal.

Nos últimos anos de carreira, passou a tocar também sintetizadores. Morreu em abril de 1982 de infarto do miocárdio.

Discografia:

    * Série Feito Para Dançar (Gravadora Rádio) - números 1 a 12
    * Série Novo Feito Para Dançar (Gravadora Copacabana) - letras A, B, C, D, E
    * Série Chá Dançante (Gravadora Copacabana) - números 1, 2, 3
    * Série Mambos (Gravadora Copacabana) - números 1e 2.
    * Série Para Ouvir Amando (Gravadora Copacabana) - números 1 e 2.
    * Série Ritmos Melódicos (Gravadora Rádio) - números 1 e 3.
    * Série Uma Noite no Arpége - números 1, 2 (Rádio) e 3 (Copacabana).
    * Sonhos e Melodias (Copacabana)
    * Boleros (Copacabana)
    * Samba, Alegria do Brasil (Rádio)
    * Rosita Gonzales com Waldir Calmon (Rádio)
    * Hit Parade (Copacabana)
    * O Sucesso, Hoje (Copacabana)
    * Lembranças de Paris (Rádio)
    * Ritmos do Caribe (Copacabana)
    * Quando os Astros Se Encontram - Waldir Calmon e Ângela Maria
      (Copacabana)
    * Ritmos S. Simon (Indústria Fonográfica Brasileira)
    * Romance Sin Palabras (Copacabana)
    * E o Espetáculo Continua (Copacabana)
    * Clássicos Para Dançar (Copacabana)
    * Nos Requebros do Samba (Copacabana)
    * Músicas de Herivelto Martins (Rádio)
    * Waldir Calmon e Seus Multisons (Copacabana)
    * Discoteque - Feito Para Dançar (Copacabana)
    * Waldir Calmon - Feito Para Dançar, de 1980 (Copacabana).

(Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...