terça-feira, 20 de julho de 2010

Michel Legrand - The Concert Legrand

  1. Once Upon A Summertime
  2. The Saddest Thing of All
  3. You Must Believe in Spring
  4. Wonder Where I'll Be Tomorrow
  5. Christine
  6. Sweet Gingerbread Man
  7. Happy (Lady Sings the Blues)
  8. Snowbird Serenade
  9. Fickle Fingers
  10. Petite Musique D'Amour (Do You Hear Music in Your Sleep?)
  11. Pieces of Dreams
The Concert Legrand

Michel Legrand - piano, assobio
Jack Rothstein - primeiro violino
Derek Watkins - primeiro piston
Don Lusher - primeiro trombone
Roy Willox - instrumentos de sopro de madeira
Ron Mathewson - baixo
Kenny Clare - bateria
Jud Proctor - guitarra-líder
Armand Migiani - saxofone baixo
Phil Woods - saxofone alto

Uma casual leitura dos créditos acima irá revelar que um anão gaulês de tênis chamado Michel Legrand conduziu, orquestrou e compôs cada nota da música contida neste álbum. Mais que isso, ele toca um ou mais instrumentos de teclado na maioria das faixas, assobiou em duas delas, supervisionou a mixagem de 16 canais e co-produziu toda a obra. Consequentemente será um alívio (para nós mortais dotados de insignificante talento) saber que Michel Legrand não projetou a capa do disco, ditou estas notas ou pilotou o avião até Londres onde as gravações foram feitas.

Não há outro músico visível ao público nos dias de hoje que combina tantos talentos tão inventivamente quanto Michel Legrand. Esses críticos irresponsavelmente esnobes que desprezam os álbuns de Legrand assim como toda a música popular orquestral gravada como "Kitsch", ou são musicalmente iletrados ou não estão ouvindo muito atentamente o que Legrand está tentando fazer.

Desde seu primeiro encantador disco americano, "I Love Paris", gravado cerca de vinte anos atrás até a brilhante "Images", uma Suíte para Saxofone Alto, Piano e Orquestra composta em 1975, passando por sua inovadora ópera cinematográfica, "The Umbrellas of Cherbourg", este extraordinário compositor-maestro nunca cessou de explorar, desafiar, tocar e respeitar a arte musical. Há invariavelmente um senso de aventura e uma integridade inabalável nos projetos de Legrand, seja uma trilha sonora, uma canção, um arranjo de jazz, um solo, um acompanhamento, uma aparição pessoal ou uma gravação.

As brilhantes facetas, a profundidade sonora e o alcance espacial do som orquestral são alcançados por Michel Legrand neste disco. Sua interpretação é, como sempre, graciosa, romântica, hábil e interessante.

"The Concert Legrand" foi gravado nos estúdios Olympic, Barnes (um subúrbio de Londres), Inglaterra em fevereiro de 1975. Dirigido por um feiticeiro louco conhecido por seus clientes como Keith Grant, o Olympic foi desenhado e construído com auxílio de clips, cola de avião e um duende de mini-saia chamado Igor. É um dos melhores estúdios de gravação do mundo. Tendo produzido várias de suas trilhas sonoras (notavelmente, "Wuthering Heights" e "The Go-Between") no Olympic, Michel Legrand decidiu que conseguiria um melhor som orquestral em um estúdio familiar, no levemente fantasmagórico ambiente que os visitantes americanos costumam chamar de "Túmulo de Grant".

Michel, juntamente com o co-produtor Norman Schwartz, Keith Grant, o arregimentador Nat Peck e cerca de cinquenta dos melhores músicos de Londres, conseguiram o que queriam - um som soberbo.

(Extraído das notas originais do álbum escritas por Nat Shapiro)

Michel Legrand has made his fame and fortune from writing for films, but he has done significant work in jazz on an occasional basis. In 1957, he arranged a set of Dixieland and swing standards for a French orchestra (recorded on Philips), in 1958 he used three different all-star groups for the classic Legrand Jazz (with such sidemen as Miles Davis, John Coltrane, Phil Woods, Herbie Mann, Bill Evans, Ben Webster, Art Farmer, and others), in 1968 he recorded a strictly jazz set with a trio and Legrand has written for albums led by Stan Getz (1971), Sarah Vaughan (1972), and on several occasions, Phil Woods. Several of his songs (such as "What Are You Doing the Rest of Your Life," "Watch What Happens," and "The Summer Knows") have been recorded many times by jazz musicians. ~ Scott Yanow, All Music Guide

3 comentários:

  1. Rio de Janeiro, 26 de setembro de 2012.
    Prezado amigo do Easy and Wonderful.
    Solicito, por favor se for possível a repostagem do disco The concert Legrand do Michel Legrand neste site.
    Muito obrigado e um abraço ao amigo da boa música.
    uilsonjc@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Please, post the dowload link for this wonderful album. Thanks a million for this top of the list Blog. frank.toca@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Please, post the download link for this wonderful album. Thanks a million for this top of the list Blog. frank.toca@gmail.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...