quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Billy Vaughn - No Cinema

  1. Never on Sunday (Hadjidakis)
  2. Theme from Mr. Lucky (Henry Mancini)
  3. O Sole Mio (Di Capua)
  4. Theme from "The Dark at the Top of the Stairs" from The Warner Bros Picture (Max Steiner)
  5. Theme from "The Alamo"  (The Green Leaves of Summer) (Webster-Tiomkin)
  6. Old Cape Cod (Rothrock-Yakus Jeffrey)
  7. Theme from "The Sundowners" from the Warner Bros Picture (Dimitri Tiomkin)
  8. Everybody's Somebody's Fool (Greenfield-Keller)
  9. Love Is A Many Splendored Thing (Webster-Fain)
  10. Volare (Nel Blu Dipinto Di Blu) (Parish-Modugno-Migliacci)
  11. Remember When (Ram-Addy)
  12. Walk, Don't Run (J. Smith)
No Cinema 

Algo novo foi adicionado ao som dos saxofones de Billy Vaughn, já familiar e favorito. Aparece agora uma nova dimensão da seção de cordas, aumentada em 40 professores - uma coleção quase sinfônica de violinos, contra-baixos e violas. As cordas percorrem uma série de arranjos de velhos sucessos que vão encantar os fãs de Billy Vaughn.

Após seu grande êxito com o tema de "Amores Clandestinos", o qual lhe valeu o 'Troféu Chico Viola' como o 'Melhor do Disco de 1960', neste LP vamos encontrar uma série de outros 'Temas Cinematográficos', alguns já conhecidos e outros que iremos após o lançamento das respectivas películas.

No tema do filme "Nunca aos Domingos", Billy deu um tratamento todo especial, acrescentando à sua orquestra as famosas bouzokias (guitarras gregas). Aliás essa música recebeu mais de 300 versões em todo o mundo, mantendo-se nos primeiros postos em todas as "Paradas".

O tema de "Mr. Lucky" de Henry 'Peter Gunn' Mancini, foi considerado um dos 12 temas mais bonitos de 1960.

Max Steiner, autor do "Tema de Amores Clandestinos" e muitos outros, escreveu a música para o filme "Sombras no Fim da Escada" e o famoso Dimitri Tiomkin, autor de tantos temas bonitos para a sétima arte, escreveu recentemente o tema para o filme "Peregrino da Esperança", duas películas da Warner Bros, que veremos brevemente.

O tema "The Green Leaves of Summer" do filme "Alamo" também é de Tiomkin, tendo Webster como parceiro.

Os mais importantes arranjos que Billy Vaughn fez neste álbum foi para o conhecido "Love Is A Many-Splendored Thing" do filme "Suplício de Uma Saudade" e "Nel Blu Dipinto Di Blu" do filme homônimo. São perfeitamente considerados como as melhores versões instrumentais que surgiram até hoje, sem falar no velho "O Sole Mio".

Mas, para que falarmos mais sobre as músicas. Retire o disco, coloque-o no seu fonógrafo e julgue por si mesmo. BILLY VAUGHN é BILLY VAUGHN mmmesmo!

(Geraldo Loewenberg, extraído das notas originais do LP)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...